MASSACRE! Temer mira nos pobres e deve anunciar fim de importante programa social; SAIBA Mais…

Nexo Brasil, com informações da Folha de São Paulo – Em busca de gerar mais receita e garantir um controle em programas sociais, o governo Temer deu início a um pente fino no Benefício de Prestação Continuada (BPC-LOAS), que é direcionado a idosos de baixa renda. O governo, que já excluiu mais de 543 mil pessoas carentes do programa Bolsa Família no mês de julho, alega que há alguma ‘irregularidade’ na prestação dos benefícios. O Ministério de Desenvolvimento Social diz que encontrou mais de 40 mil pessoas que não se adequam aos requisitos de renda para a concessão do benefício. Uma redução maior é esperada em 2018, ano em que peritos irão até as casas dos beneficiários para verificarem as suas condições sociais.

Pela regra, têm direito a um salário mínimo pessoas com deficiência e idosos com idade superior a 65 anos. O programa atende a 2,48 milhões de pessoas com deficiência e 1,99 milhão de idosos e tem um custo de 50 bilhões. Outras fiscalizações também têm sido realizadas no auxílio-doença. Com os cortes, o governo pretende cumprir a meta fiscal. O Ministério já enviou algumas cartas aos beneficiários entre os meses de julho e agosto pedindo para que eles atualizem seus cadastros.

O UOL revelou na semana passada que 543 mil beneficiários do Bolsa Família tiveram seu benefício cancelado. O governo diz que há irregularidades, mas alguns beneficiários contestam tal afirmação. A camareira Rosângela da Silva, mãe de três filhos, disse à reportagem que o benefício foi cortado do nada: “A verdade é que a gente sempre espera uma notícia assim. Estão cortando tudo”, contou. Outras medidas para o cumprimento da meta foram adotadas como o aumento dos combustíveis e a redução de R$10 do salário mínimo em 2018. Rebatendo as críticas em relação aos cortes, Michel Temer afirmou que é preciso fazer alguns “sacrifícios”, durante evento com empresários do Agronegócio no Mato Grosso.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: